Mais de 10 anos
nos dedicando à
olivicultura de qualidade

Após um processo intensivo de pesquisas, consultas, visitas a diversas regiões produtoras, avaliação dos estudos de zoneamento agroclimáticos realizados por diversas entidades entre elas a Embrapa Clima Temperado e a Universidade de Califórnia – Davis, optamos por investir no município de Santana do Livramento, no Rio Grande do Sul no ano 2008.

Os bem sucedidos empreendimentos vitivinícolas da região também foram importantes referências, pela afinidade edafoclimática que existe entre a olivicultura e a viticultura.

A topografia suavemente ondulada, representada pelas coxilhas arenosas e cercada pelos belíssimos cerros, constituem uma paisagem marcante que, sem dúvida nenhuma, harmoniza com o olival.

Em 2009, pioneiros na região, implantamos nosso viveiro de mudas com matrizes oriundas do Chile e de Maria da Fé em MG. As plantas deram origem aos primeiros hectares de nossa plantação e então nos tornamos auto suficientes na produção de mudas para o nosso próprio olival.

Em março 2014 foram produzidos nossos primeiros azeites a partir de azeitonas sadias colhidas a mão, no seu melhor ponto de maturidade e processadas logo depois de colhidas.

Em 2015, depois de investir num lagar próprio, moderno e ideal para a produção de azeites de qualidade,  Conseguimos produzir os azeites da colheita do ano, no olival. Com isto os ganhos na qualidade foram muito significativos pois as azeitonas foram processadas no olival, dentro de poucas horas de colhidas.

Em 2017 passamos a produzir azeitonas em conserva e embaladas à vácuo, temperadas com azeite e especiarias.

No ano de 2018, após uma consultoria, passamos a explorar a grande capacidade turística do empreendimento. Santana do Livramento é o segundo destino turístico do estado e involuntariamente passamos a receber diversos visitantes interessados em conhecer o plantio e produção.